Quer vender doces? Aprenda como precificar e ter retorno financeiro

0
66

Fantasias é na Cacau Center!

.

Gosta de cozinhar? Quer montar seu próprio negócio? A empreendedora e confeiteira Tábata Romero, que se tornou referência nas redes sociais por influenciar mulheres a conquistarem a independência financeira, explica que a primeira orientação para ter sucesso e lucratividade, por exemplo com a venda de doce, é saber precificar adequadamente. 

A especialista aponta que é preciso saber o  custo do produto e o valor da mão de obra, como obter lucro e fazer a organização financeira, essencial para o reinvestimento e a continuidade do negócio, além de compartilhar planilhas e fórmulas simples para ajudar a fazer os cálculos. 

Para te ajudar a dar o “ponta pé inicial”, Tábata Romero separou sete dicas precificar doces para a venda, com base nos conteúdos da plataforma de cursos gratuitos Meu Plano D. Confira:

1. Faça a conversão da receita. É o primeiro passo da precificação e deve considerar todos os ingredientes em gramas, em vez de xícaras e colheres, que devem ser devidamente pesados. O açúcar e a farinha, que vêm em quilos no pacote, devem ser convertidos em gramas também. No caso de litros, leve em consideração que 1 litro pesa 1kg, ou seja, 1000gr.

2. Crie a ficha técnica da receita. Para entender o custo real da receita, é necessário criar uma tabela com cinco colunas, divididas em: (A) ingredientes, (B) peso da embalagem fechada, (C) preço da embalagem fechada, (D) quantidade utilizada e (E) preço final. Para chegar ao preço final, use a seguinte fórmula na calculadora do próprio celular: D vezes (x) C dividido (÷) por B resulta (=) em E para cada ingrediente. No fim, some o total para chegar ao preço final da receita completa. Dica: leve em consideração a quantidade precisa de produtos que é utilizada na receita.

3. Definição do preço de venda da receita. É necessário considerar o custo inicial da receita e adicionar 25% para os gastos incalculáveis, como água, energia elétrica e até mesmo o detergente usado para lavar a louça, e a taxa de desperdício, como um pedacinho de bolo que pode ficar preso na forma. Agora, multiplique por três para incluir a mão de obra e o lucro. Assim, estão cobertos todos os investimentos realizados na receita. Quando as receitas possuem rendimento por porções, como pães de mel, é necessário dividir o total pelo número de unidades para obter o preço mínimo de cada um. Por fim, adicione o custo integral da embalagem.

4. Avaliação da estimativa de preço e lucro. Ainda que o custo mínimo, por exemplo, seja em torno de R$ 1,80 para cada unidade de pão de mel, é recomendado avaliar os preços praticados na região. Em média, é possível precificar entre R$ 3 e R$ 4. Assim, se chega à margem de lucro. Dica: nunca precifique abaixo do preço de venda da receita, caso contrário, não existirá lucratividade.

5. Caso você queira ampliar a produção e a distribuição dos seus produtos, encontre um parceiro que possa oferecer o produto aos seus clientes. O revendedor pode vender pelo preço que você já comercializa ou mais caro. Para se chegar ao custo mínimo para a revenda, é necessário dividir o custo final da receita por três, levando em consideração que o lucro, mão de obra e os ingredientes estão incluídos e dar desconto a partir da fatia de lucro. Não se esqueça de repassar também o custo da embalagem. A revenda é uma ótima alternativa, pois se perde um pouco da fração do lucro, mas se ganha na venda em escala.

6. Como organizar o reinvestimento. Para o crescimento do negócio, é necessário organizar o valor total acumulado a partir das vendas. O primeiro passo é dividi-lo por três, considerando os custos, a mão de obra e o lucro. A parte correspondente aos custos pode ser alocada para a compra de novos ingredientes, enquanto a de mão de obra pode ser destinada para o pagamento das contas de água, luz e outras que fazem parte da produção. Já a fração de lucro pode ser investida para o crescimento do negócio. O gerenciamento financeiro evita que o dinheiro necessário para a compra de novos ingredientes seja diluído em meio a outros gastos pessoais, inviabilizando o negócio.

7. Faça cursos e se aperfeiçoe. Invista tempo aprendendo novos recursos e aperfeiçoe suas técnicas.  

*O Meu Plano D é uma iniciativa da Selecta Chocolates e da Mix



agenciadepropagandasantos.com.br  • agenciaemsantos.com.bragencialimaesantana.com.bragentedecargainternacional.com.bragenteinternacional.com.brcacaucenter.com.brcirurgiasplasticasemsantos.com.brcriacaodesitesantos.com.brempresadepropaganda.com.brlimaesantana.com.brlimaesantanapropaganda.com.brmarketingemsantos.com.broperadorlogisticobrasil.com.brpostoarrastao.com.brpropagandaemsantos.com.brprotesedesiliconeemsantos.com.brredearrastao.com.brsiteemsantos.com.brtransportecargaaerea.com.branelaria.com.brlojadacacaucenter.com.brpedroalcantara.com.brprimeautopaint.com.brpublicidadeemsantos.com.brsiteemsantos.com.brtopbrlog.com.brtopfreight.com.brxiaomiemsantos.com.brdentistaemsaovicente.comdentistasemsantos.com 



Fonte


Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda